Esgares (2018)
  • Apresentação
  • Equipe Técnica
  • Fotos
  • Video

Esgares é um trabalho inédito de dança contemporânea com concepção e coreografia assinada por Roberto Amorim, feito especialmente para a Sopro Cia de Dança

Esgares trata de movimentos de corpo e gesto cômico da nossa vida cotidiana, aspectos ou jeito que o rosto assume em determinadas situações, sendo intencional ou involuntariamente, onde os bailarinos desenvolvem um balé onde sons e movimentos se interagem na arte contemporânea, a partir de músicas de Edith Piaf, mítica cantora teve trajetória marcada pela sua voracidade emocional, o trabalho se desenvolve em sequências de movimentos em formas de trejeitos fisionômicos, mesclando nos limites da dança, teatro e poesia, formando um híbrido na arte, que é a miscigenação da cultura brasileira.

Por Roberto Amorim

Link da Obra:   https://youtu.be/fJZbyeokKEM

Ficha Técnica

Direção: Roberto Amorim e Tatiana Portella
Coreógrafo: Roberto Amorim

Musica: Edith Piaf
Assistente de coreografia: Tatiana Portella
Operadores e técnicos de som e luz: Adeilton Conceição, Rogério Lima.
Desenho de luz: Roberto Amorim
Assistente de palco e apoio: Miguel Mota Roberto Portella.
Secretária: Alcidina Portella, Sonia Alves e Vitória Lima.
Fotos: Vitória Lima
Duração dos espetáculos: 40 minutos
Classificação: Livre
Bailarinos: Mariana Neves, Gustavo Vaz, Danilo Santana, Julia Brandão, Laís Moraes, Tatiana Portella e Roberto Amorim.
Estagiaria: Juliana Nasser.
Facebook: https://www.facebook.com/soprociadedanca
Instagram: @soprodancas